Madrugada insone

Quando o relógio marcou 3h, eu acordei. Meus olhos simplesmente se abriram num despertar inesperado e indesejado, e se recusaram a fechar novamente. Girei na cama, em torno de mim mesma, e tentei acalmar minha mente e coração… tentei adormecer novamente. Sentada na cama, com o relógio marcando 3h15min, tentei calar as agonias e ouvir … More Madrugada insone

A lição

Em 2014, o ano que durou uma década, eu: Trabalhei e parei de trabalhar; Namorei e deixei de namorar; Me mudei de um apartamento e duas housemates para um apartamento sozinha; Estudei para concursos públicos e depois resolvi estudar para mim; Voltei a trabalhar; Desconstruí a platonicidade de alguns amores, construí outras tantas; Fiz terapia, saí da … More A lição

Humanidade perdida

Num desses dias em que voltava pra casa à noite e distraída, fui abordada por uma mulher, moradora de rua do centro de Florianópolis. Eu continuei andando com os passos firmes e estava prestes a mudar o caminho quando a ouvi dizer, quase em prantos: – Eu só queria um abraço. Respirei fundo, voltei e … More Humanidade perdida

“Dentro da normalidade, mas muito perto do limite”

Ele pegou o papel em mãos, abriu-o e analisou-o criteriosamente. Olhou-me preocupado e disse ao final: — A frequência dos teus batimentos cardíacos está dentro da normalidade, mas muito perto do limite. Dentro da normalidade, mas muito perto do limite. As palavras ecoaram em meus pensamentos por algum tempo. Sem saber, o médico descreveu naquele … More “Dentro da normalidade, mas muito perto do limite”

Almoço de domingo

Canelas e pés inchados, algumas varizes estouradas e muita dor, sorriso na boca e disposição infinita. Geni está preparando o almoço de domingo. A casa está cheia — 20 pessoas, no mínimo — mas ainda faltam mais três ou quatro. No fogão de seis bocas, seis panelas diferentes. Arroz, feijão, macarrão, carne de gado na panela … More Almoço de domingo